segunda-feira, 3 de julho de 2017

Agendas (incluindo a do Cavani) e uma opinião



Um conselho de saúde, do Tio Silva: Apanhar o vírus da Agenda, não é o mesmo que sofrer de Cartilhite. No entanto, há que ter muita atenção, pois que ambos fazem muito mal à coluna.

...

Agora que já estão muito mais saudáveis, já têm condições para me aturar por um pedacinho. Sinto-me um gajo bastante fora de moda. Uns dias, isso deixa-me bem disposto, porque parece que sou bué cool, alto cenário, completamente indiferente à norma - anormal, portanto - um gajo que faz a sua própria moda. Em outras alturas, deixa-me um bom bocado deprimido. Sinto-me outdated, sou o passado a ser atropelado em alta velocidade pelo presente. Oooops, já foi, é passado como eu.

Caso não saibam, o Tempo divide-se exclusivamente entre passado e futuro. O presente não existe, é um mero momento, tão fugaz que não é passível de ser captado, entre o que foi e o que será. É por isso que só os mortos vivem o presente. Cristalizados no momento em que deixaram de ter Tempo.

Da próxima vez que ouvirem alguém dizer "Eu vivo o agora, exclusivamente!", desconfiem. Basto. Porque o agora não se vive, morre-se. Que passou-se?

...

Uma coisa que está completamente ultrapassada, e aparentemente até fica mal, é NÃO desancar o Presidente do FCP. Como a malta tem algum recato, acho que mais por receio do que os outros pensariam deles do que por respeito, em vez de Presidente chama-lhe Administração. Dá igual.

Tanto se irritaram por ouvirem "Pinto da Costa Allez" a propósito de cada vitória; tanto bradaram contra quem apontava culpados em todas as direções, excepto na do camarote presidencial, nas poucas derrotas; que decidiram optar pelo velhinho "Se não os podes vencer, junta-te a eles". Vai daí, neste tempo que é de derrotas múltiplas, salpicadas por uma ou outra vitória - o Tempo deles, por fim! - dedicam-se a apontar as culpas à Administração. Os méritos, quando é impossível iludi-los, ficam para quaisquer outros. Ou seja, é a mesma merda, só que com o cagalhão ao contrário.

Vinde, vinde amaijeu dar uma volta pela Tasca e percebereis com facilidade.

...

- É a vergonha do silêncio, Silva. Fazem-nos de tudo e nós nada, moita carrasco, mortos. Pá, o Presidente está velho, a Administração só trabalha à comissão. Temos que correr com eles todos, não há outra maneira. Tem que vir alguém que ponha isto a mexer.

- Pá, o departamento de comunicação não... - Interrompido.

- Oh Silva, não me fodas! Mas qual departamento, qual carapuça?! Quem manda é o velho pá. Está tudo calado porque ele não deixa falar, só isso. E quem é que os escolhe, hein? Sou eu, kéjbêr?

- Vamos ter eleições, quem sabe...

- Ah, não! Isso não! Correr com eles, sim. Em eleições, não. Era o que mais faltava, que coisa tão démodé.

(Lapso temporal, zuuuuummm)

- Opá, estamos a dar-lhes cabo da cabeça com isto dos e-mails, hein? Agora não nos podemos queixar do silêncio...

- É verdade. Grande Francisco José. Bem precisávamos de um tipo assim.

- Pois, desta vez, parece que o velhote acertou... - Interrompido por uma gargalhada.

- Aiai, pobre Silva. Majachas que o velho tem alguma coisa a ver com isto? Nem pensar, o Francisco José é que é de louvar. Mais ninguém. Tenho a certeza que fêjisto tudo sozinho, num quarto mal iluminado de uma pensão ou assim. Contra tudo e contra todos, sem nenhum apoio dessa Administração comissionista.

- Quer dizer, no mínimo, alguém o pôs naquele lugar, não?

- Népia. Acho que o gajo tomou o lugar de assalto, à força de balas e catanas e o camandro. Vai por mim, Silva, vai por mim.

...

- Estás a ver esta vergonha do Andebol, Silva? É isto o teu querido Presidente!

- Foda-se, perdemos outra vez. Mas não tínhamos boa equipa e um treinador da casa, à Porto, e os adeptos e isso tudo?

- Pois claro que sim. Mas quem deixou ir embora o Obradovic que, sozinho, sem ajuda de ninguém, a não ser, eventualmente, uma ou outra dica que o Francisco José lhe tenha dado, ganhou tudo o que havia para ganhar? Quem foi? Depois dá nisto! E estás a vê-lo a vir assumir a responsabilidade? Pois, nem eu! Como se não tivesse nada a ver com este descalabro. Nem é ele o líder máximo do Clube, nem nada.

- Valha-nos o Hóquei... - Levanta uma mão, em sinal de stop.

- Ainda bem que falas nisso, pá. Devíamos fazer um texto de agradecimento a quem nos proporcionou a única alegria desta temporada. Sobre rodas, ainda por cima.

- Ui, vais escrever a agradecer ao Presidente e à Administração?

- Hã? Já estás bêbado a esta hora? O que é que esses fizeram? Eu digo-te: Bola! Estou grato é aos jogadores, aos treinadores, aos seccionistas, aos adeptos que encheram o pavilhão sempre que jogámos contra os lampiões, ao moço que me arranjava bilhetes quando estava cheio, à prima do roupeiro que faz um molho de francesinha de se lhe tirar o chapéu. Enfim, a todos os obreiros destas grandes vitórias. Só a esses e ao Francisco José.

...

- Como, Silva, explicas-me? Como é que deixaram o FCP chegar a este estado, em que é preciso vir a UEFA tomar conta de nós e impor-nos regras?

- Parece o País... - Interrompido.

- Não me venhas com as tuas merdas. Não vale a pena desviares. É culpa deste velho e mais dos seus capangas jagunços estarmos metidos nesta vergonha!

- É verdade, sim senhor. Tens toda a razão. Mesmo que algumas decisões pudessem ter tido resultados diferentes, se as competições fossem justas, como aliás está a ser demonstrado pelo Francis... - Interrompido.

- Epá, não me mistures o Francisco José com essa gentinha! Para além do mais, já estou farto das tuas desculpas, vai à merda pá. - Irritado.

- Mas se estou a dizer que, no essencial (alô xôr Lima), tens razão? Estás parvókê? Vê lá se precisas de una boga en el focinho para acalmares. Inventais pouco, inventais, por acaso.

- Pois claro que tenho razão! E agora é a eles que compete tirarem-nos deste buraco sem fundo. Querias tu que aparecessem alternativas nas eleições. Para quê? Para virem limpar a porcaria, era?

- Sim, se acreditam nisso e são tão Portistas como tu dizes que... - Interrompido.

- Por acaso, inventais pouco, inventais. Eles que resolvam. Quer dizer, claro que resolvem, vão vender o plantel inteiro por dez reis de mel coado. O Danilo já lá vai, o Brahimi nem se fala, o Filipe já está em Madrid a matricular os filhos do Paulo Bento num colégio ou assim. E vais ver que nem o Telles se aguenta, para além de ter informações muito seguras de que o Corona não foi à Seleção porque está a tratar de mudar de ares. Pega lá o teu belo Presidente. Vive do Passado, o Presente a ele não lhe diz nada. De que outra maneira se pode explicar que sejamos um entreposto de jogadores? Quanto tempo cá se aguentam? Pelo menos trêjanitos devia ser obrigatório. Pá, não é só com e-mails que os lampiões ganham. Ponham é os olhos neles.

...

- Olha, diz aqui que parece que já cumprimos as condições do fair play... - Interrom... Sim, isso...

- Esta vergonha? Esta vergonha, Silva? - Muito irritado, quase de pé sobre o banco do balcão. - O Ruben? O nosso melhor suplente, por menos de 150 milhões? Para a segunda divisão? O eterno capitão do FCP para a segunda divisão? Foi a isto que chegámos?

- Epá, eu quero lá saber para onde é que vai quem vai. Faz-me cá uma diferença...

- E o André, pois claro! Vão-se os meninos, vai-se o espírito do Porto, vai-se o balneário, por tuta e meia.

- Por acaso, acho que o André foi mais barato que o Ruben, mas é uma opinião. O que parece certo, neste momento, é que venderam dois jogadores e cumpriram o que estava estabelecido com a troika. Também gostava de ter ganho mais, mas... - Ainda muito vermelho:

- É um escândalo, é o que é! É a comissão sempre a falar maijalto! Porque não venderam os Mexicanos todos? Esses têm mercado, de certeza. Toda a gente quer comprar um burrito. Ou o Danilo? O Danilo e o Brahimi e os Mexicanos, menos o salário do Casillas e do Maxi, juntava-se o Filipe e não se renovava com o Marcano e estava feito. Ficavam cá os que foram e iam os que ficaram. Assim é que era bonito, Silva.

...

Ventura; David Bruno, André Pinto, Ricardo Ferreira e Lumor; Ruben, Castro e TóZé; Vieirinha, Silva e Hélder Barbosa.

Cofres muito cheios, Somos Porto!
...

Nota: O chorrilho de disparates acima é EXCLUSIVAMENTE acerca do que me irrita na atitude de algumas pessoas que, comprovadamente, sabem usar os respetivos cérebros. Refletem e julgam, portanto. A minha opinião acerca dos nossos movimentos no mercado resume-se fácil, fácil:

Está feito, por agora. E fica pago o Adrian, né Jorges? Espera-se é que isso sirva para manter TODA a gente que não esteja aflita para ir dar um giro. De outra maneira, não se compreende.

Os comentários em mau Português que pululam - pululam é uma palavra linda, não é? - pela Ciberlândia afora, de adeptos, eventualmente Portistas, que vivem para as caixas de comentários dos sites generalistas, com nicknames de mijar a rir, irritam um bocadinho. Mas não têm um décimo da relevância de algumas coisas que vou lendo na bluegosfera. Culpa minha, que exijo dez vezes mais a quem acho que é inteligente, mesmo que não os conheça.

Then again, é tinto. Eles pensarão bem pior de mim: Quem? Esse gajo não pensa, burro do caralho.

Caguei.

Curiosamente, postos perante pessoas com responsabilidades, é vê-los dóceis em cumprimentos, comedidos em palavras, impantes em selfies com as figuras do momento. E do passado. E é sempre um ou outro zelota seguidista quem obriga os paineis a repetirem respostas até responderem; e a dizerem coisas de que preferiam não falar. Carneiros, pá.

...

Já que estamos nisto de agendas, fiquem sabendo que lá para o inicio da próxima semana estará disponível o segundo A Culpa é do Cavani, cuja agenda inclui o Fair Play Financeiro, o plantel 2017/18 e tudo o mais que nos der na telha. 

Ainda não gravámos, mas posso já adiantar que está espetacular.

...

Soundtrack to Agenda: Life becomes your fine

18 comentários:

  1. Muito bom caro Silva.
    Mesmo que nos tempos que correm dizer verdades destas seja quase suicídio... como aqueles do Passos Coelho :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Hugo.
      Eu sei que é, mas na verdade, quero lá saber :) A mim ninguém paga para dizer isto. E nem o seu exato oposto :)

      Eliminar
  2. Falou(escreveu) e disse !!! Um retrato fiel da realidade. Parabéns !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, só um detalhe: daS realidadeS. Porque a contrária também é verdadeira :)

      Eliminar
  3. O que foi dizer, Silva :)))
    Logo, alguns andam a ser pagos para escreverem o que escrevem, não é verdade?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É capaz. O que eu sei é que a mim ninguém paga. E é pena :)
      Agora, nem vou especular sobre quem pode receber para dizer o quê. Honestamente, não faço ideia. Felizmente!

      Eliminar
  4. Também não tenho a mais pequena ideia!!
    Logo agora que além de apagarem os e-mails, já queimam os computadores. Não vá o diabo tecê-las. :)))

    PS - Ninguém se chega à frente para lhe dar o nº do Carlos Janela? Grandes amigos que o Sr. Silva tem. :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo! E esse era rapaz para pagar bem! ;)

      Eliminar
  5. Eu insisto: o senhor faça o favor de enviar esta e outras prosas do género acompanhadas do seu CV à estimada administração e garanto-lhe, senhor tasqueiro, que o emprego é seu.

    Não há quem consiga batê-lo na bonomia com que encara todo e cada acto de gestão da dita - com o senhor Presidente à cabeça, naturalmente.

    Ó como seria bom se tivesse (ou viesse a ter) razão. Só que...

    Abraço e sementes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Overqualified, i'm afraid.
      Mas lá está, insisto, se a seguir sair o Danilo por menos que a cláusula ou o Filipe por 10, é inqualificável. Pumbas, lá se ia o emprego...
      Abraço e Pedras.

      Eliminar
  6. Sr. Silva, nos tempos que correm parece ser politicamente incorrecto defender o seu CLUBE. Modernices passageiras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que tem a ver com as pessoas, não com o Clube.
      Nada contra a diversidade de opinião, pelo contrário. É por isso que, seja lá a moda qual for, não hesito em expressar a minha :) Se calhar, devia...

      Eliminar
  7. Pessoas democraticamente eleitas.
    Se atacam as pessoas que servem o clube com muito mais ferocidade que os cartilheiros, os jornalistas avençados, os deputados que se sentam à mesa com criminosos, estarão a defender o clube?
    Comentadores imparciais e equidistantes, que se regem apenas pela verdade desportiva são muito poucos. Os mais famosos são: Carlos Janela, Gaspar Ramos, Carlos Daniel, Rui Santos, José Manuel Delgado, Ribeiro Cristôvão, Pedro Henriques, António Rola, Telmo Correia e talvez Pedro Guerra. Não há muitos mais com o espírito de Coubertin. :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nop! Discordo da "maior ferocidade". Quanto muito, com a mesma. Mas isso até faria sentido, considerando que possam pensar que máfia e SAD prejudicam igualmente o clube. O que não entendo é como é que separam as vitórias das derrotas, os José Marques dos Pinto da Costa. Isso é que não pode ser! Parece a malta que se esquece que o Presidente é que escolhe o treinador :)
      Bom sinal não haver nenhum dos nossos na lista COubertin ;)

      Eliminar
  8. Pois discorda. Só para des_concordar do je.:)))

    Essa da malta que se esquece que o Presidente é que escolhe o treinador, doeu mas já passou. :)

    Lopetegou 4 vezes seguidas, sim senhor. É demais para a idade e não será muito bom para a saúde.Hajam comprimidos.

    Se ouvisse aqui os chavalos, teriam vindo: Laudrup, Schuster, Berizzo (Sisto incluido) ou o louco Bielsa. Tuga só o outro ganda maluco (pronto,agora o sr. Silva franziu o sobrolho).
    ELE não nos passa bilhete. Não fazemos muito chinfrim por isso não lhe merecemos mais atenção que os discursos elaborados do Salvador Sobral!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai franzi, franzi :)
      O Sobral discursa? Pensei que se dedicava a outro tipo de ruído... :))

      Eliminar
  9. Sim, "pululam" é de facto uma palavra linda! :)

    "Ainda não gravámos, mas posso já adiantar que está Acredito!
    Venha!!!

    Quanto ao resto, 98% de acordo! E nem sei onde raio estão os 2%.

    O problema da malta é quase sempre o mesmo "contexto", ou falta dele!

    Cometemos erros como todos, mas em condições normais tínhamos ganho pelo menos 2 dos últimos 4 campeonatos! Não tenho dúvidas ABSOLUTAMENTE NENHUMAS!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep. E nesse caso a cobrança seria diferente.
      Mas o facto permanece: perdemos. Há que arrepiar caminho.
      Abraço.

      Eliminar